Connect with us

Manaus, AM,

AMAZONAS

Funcionários denunciam empresa terceirizada por não pagar PLR e desvio de função

Publicado

em

A empresa multinacional Yusen Logistics, que presta serviços de logística, com unidade localizada na avenida do Turismo, bairro Tarumã, zona oeste da capital, é acusada de não repassar a PLR (Participação nos Lucros e Resultados) aos funcionários terceirizados da empresa Procter & Gamble (P&G).

De acordo com ex-funcionário André Costa dos Santos, 26, demitido na última segunda-feira (6), acusa a empresa de várias irregularidades, como desvio de função alegando que foi contratado para exercer uma atividade mas na prática era outra “eu trabalhava em uma empresa de logística mas na prática fazia o serviço de produção” 

O ex-funcionário conta que na Carteira de Trabalho e Previdência (CTPS) foi contrato na função de ajudante mas no contra-chefe estava a função de auxiliar de operações. Ele foi demitido após um ano e onze meses, ao procurar o Recursos Humanos da empresa, a mesma afirmou que o motivo seria por redução de quadro de funcionários. 

Sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) da empresa, o ex-funcionário disse que o valor pago da empresa P&G para Yusen Logistis, não é repassado para os funcionários. Outro funcionário, que não quis se identificar, procurou a redação do Amazonas News relatando o mesmo problema.

Tentamos entrar em contato com a assessoria da Yusen Logistics, mas até o fechamento desta matéria, não tivemos retorno. 

Publicidade

Mais Lidas