Connect with us

Manaus, AM,

AMAZONAS

Porão do Alemão divulga nota e diz que irá recorrer de decisão judicial

Publicado

em

A assessoria da casa noturna Porão do Alemão, localizada no bairro São Jorge, zona oeste da capital, enviou uma nota ao Amazonas News sobre a ação da justiça que condenou a diretoria da casa a pagar uma indenização no valor de R$18 mil a duas clientes que teriam sido expulsas do estabelecimento acusadas de porte e tráfico de drogas. 

Em nota, o Porão do Alemão diz que “a casa recorreu da decisão tomada em primeiro grau, podendo a mesma vir a ser modificada pela Turma Recursal, competente pelo julgamento do recurso interposto.”

Leia a nota na íntegra:

Nota à imprensa

O Porão do Alemão está na ativa há 19 anos. Quem conheceu como este sonho começou, sabe, que tudo foi criado com maior cuidado e preocupação, para que o público sempre fosse o principal beneficiado. As dificuldades que forjaram este empreendimento, sempre fizeram parte das noites de quarta a sábado. Nem por isso, houve desistência, corpo mole ou pensamentos negativos. Que estabelecimento não enfrenta acusações, que muitas vezes são injustas e mal-intencionadas, mas permanece confiante que todos, os que conhecem, irão diferenciar o certo e o errado.

Em relação aos males que atormentam à sociedade, o Porão do Alemão se preocupa em manter o bar, como uma extensão do cotidiano dos Manauaras e visitantes, que por aqui passam. O ambiente possui uma estrutura que consegue abrigar, de forma confortável, 1200 pessoas, que tem um único intuito, se divertir. O nosso time é formado por 60 funcionários diretos e mais 30 indiretos, gerando emprego e renda para nossa cidade. Todos os colaboradores possuem treinamento e são reciclados periodicamente, além de uma brigada de incêndio qualificada para atender as ocorrências emergenciais. O estabelecimento mantém todas as licenças necessárias para seu funcionamento em dias.

Portanto, o Porão do Alemão vem esclarecer que a ação citada na matéria “Clientes expulsas do Porão do Alemão vão ganhar R$ 18 mil por dano moral”, encontra-se em grau de recurso, ou seja, a casa recorreu da decisão tomada em primeiro grau, podendo a mesma vir a ser modificada pela Turma Recursal, competente pelo julgamento do recurso interposto. Isto quer dizer que não se tem trânsito em julgado da sentença, podendo ser reformada e considerada totalmente improcedente.

O Porão do Alemão se mantem firma na sua missão principal, que é de entreter o público e trazer felicidade aos que aqui frequentam. 

Publicidade

Mais Lidas