Connect with us

Manaus, AM,

AMAZONAS

Em Manaus, rodoviários sugerem ‘catraca livre’ caso não recebam o 13º salário

Publicado

em

Manaus – Alguns rodoviários se reuniram , na tarde desta segunda-feira (20),  no Centro de Manaus, para  discutir uma possível paralisação caso não recebam o 13º salário. Vários representantes do movimento fizeram suas propostas, entre elas uma bem inusitada conhecida como greve branca, ou seja, colocar os ônibus circulando nas ruas da capital amazonense, mas deixar que os passageiros passem pela catraca sem pagar.

Em decisão quase unânime , a greve branca teve apoio de boa parte dos rodoviários e pode acontecer em breve caso haja parcelamento ou não pagamento do 13º salário da categoria.

Dissidentes 

Para o Sinetram, a modalidade catraca livre seria “um ato criminoso” que “constitui uma ilegalidade”. “Mesmo sem a autorização dos representantes da categoria(…) os manifestantes estão avaliando a possibilidade de liberar a entrada de passageiros sem o pagamento da tarifa”.

Indicativo de reajuste na passagem

No dia 16 deste mês, representantes do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas, informaram durante audiência na Superintendência Regional do Trabalho (SRT), que não teriam como honrar o pagamento dos vencimentos mensais até o final deste ano, bem como do 13º salário dos rodoviários.

Durante a reunião o representante jurídico do Sinetram, Fernando Borges, informou que um déficit que vem sendo acumulado referentes a subsídios que não foram repassados pela Prefeitura de Manaus seria um dos principais fatores do não pagamento.

Fernando explicou que uma das alternativas é negociar com os trabalhadores o parcelamento do salário. E uma reunião com os representantes da categoria já foi definida para deliberar sobre o assunto no dia 21.

Greve

O sindicato que representa os rodoviários informou que é contra qualquer tipo de atraso ou parcelamento nos salários e que, caso esse cenário se confirme, a hipótese de uma greve não está descartada.

Fonte: Expresso AM

Publicidade

Mais Lidas