Connect with us

Manaus, AM,

POLICIAL

MPE denuncia Gustavo Sotero por homicídio triplamente qualificado

Publicado

em

Manaus – O delegado Gustavo Sotero foi denunciado, pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), por homicídio triplamente qualificado pelo assassinato do advogado Wilson Justo Filho, 34, no dia 25 de novembro dentro do Porão do Alemão. As informações são do Blog do Mário Adolfo

De acordo com o MPE-AM, o delegado deve ser penalizado conforme o art. 121, do Código Penal, e incisos II, III e IV. O órgão destaca que o homicídio foi qualificado por ter sido cometido por motivo fútil; por ter apresentado perigo comum; e recurso que dificultou a defesa do cometido.

O Ministério Público também denunciou o delegado conforme o art. 14, do Código Penal, por ter disparado três vezes contra as vítimas Fabiola Rodrigues Pinto de Oliveira, Maurício Carvalho Rocha e Iuri José Paiva Dácio de Souza. Nesse quesito, o MPE-AM utiliza na denúncia o inciso II, por “tentado, quando, iniciada a execução, não se consuma por circunstâncias alheias à vontade do agente”.

Durante depoimento na delegacia, o delegado Gustavo Sotero, alegou que agiu em legítima defesa. Sotero também afirmou que foi surpreendido com um soco e que chegou a pedir para o advogado parasse a agressão. O delegado também alegou que não conhecia a Wilson Justo, e que não teve noção de que atirou em outras pessoas.

Mais Lidas