Connect with us

Manaus, AM,

MUNDO

Mulher mata marido e faz amante passar por plástica para assumir lugar dele

Publicado

em

A polícia no sul da Índia prendeu uma mulher de 34 anos por supostamente assassinar seu marido em conluio com o namorado que ela tentou passar como marido, desfigurando seu rosto com ácido.

O amante de Swathi Reddy, antes de ser desfigurado com ácido

Funcionários disseram que a polícia acusou Swathi Reddy em Nagarkurnool, estado de Telangana, com o assassinato de seu marido Sudhakar Reddy, no dia 26 de novembro deste ano e vai prender o amante do fisioterapeuta Rajesh Ajjakolu, uma vez que ele tenha saído do hospital após ter sido submetido a um tratamento para queimaduras faciais.

De acordo com a polícia, Swathi havia confessado injetar anestesia no marido em 27 de novembro e, depois de perder a consciência, matando-o com uma vara de ferro com o Ajjakolu.

A mulher com a ajuda do amante, desfigurou o rosto de seu marido e jogou seu corpo na floresta vizinha de Nawabpet depois de queimá-lo parcialmente para evitar a identificação, disse o oficial de investigação, Sinalina Srinivas Rao.

Swati Reddy, que é uma enfermeira treinada, queimou o rosto de Ajjakolu com uma mistura de ácido e gasolina, desfigurando parcialmente o rosto.

Dois dias depois, o amante da mulher, Rajesh Ajjakolu, deu entrada em um hospital com feridas no rosto. Swati, no entanto, alegou que se tratava de Sudhakar e informou à família do marido que ele havia sido atacado com ácido por um desconhecido. Incialmente, a família de Sudhakar acreditou no caso e pagou pela cirurgia plástica no rosto do homem.

O caso só foi descoberto no dia 9 de dezembro, quando o irmão de Sudhakar o visitou no hospital e suspeitou que o homem era um impostor. A polícia, então, fez testes de digitais e comprovou que quem estava internado era, na verdade, Ajjakolu. O casal de amantes foi preso e Swati confessou ter assassinado o marido.

Mais Lidas