Connect with us

Manaus, AM,

BRASIL

Criança é impedida de entrar em shopping por ser humilde e estar mal vestida

Publicado

em

Supostamente por ser humilde e estar mal vestida, um menino negro de 11 anos foi retirado do Parque Shopping Maia, em Guarulhos, na Grande São Paulo, por seguranças do local, no início da tarde da última terça-feira (12). As informações são do R7.

A manicure Rosangela da Silva, 26, acompanhada de três crianças, sendo uma de colo, a mãe do menino, acredita que a criança foi barrada do estabelecimento porque vestia uma bermuda e um chinelo simples, que fugiam do padrão dos frequentadores do local.

Cena de discriminação: Criança é barrada em shopping por ser …

Cena de discriminação: Criança é barrada em shopping por ser humilde e estar mal vestida. Saiba mais: https://goo.gl/8YbVka

Publicado por Portal Amazonas News em Domingo, 17 de dezembro de 2017

Uma funcionária de uma loja do shopping começou a gravar a ação dos seguranças e colocou no Facebook e o vídeo e já teve mais de 2 milhão de visualizações. Uma cena de discriminação total, que merece uma reflexão profunda.

 

Rosangela, ela foi com os três filhos a um banco e ao supermercado próximo do shopping para ver se tinha um chinelo desejado pelo menino.

Como no mercado não havia o calçado, Rosangela disse para o menino perguntar a um segurança do shopping se alguma loja estaria vendendo. O garoto disse que o chinelo era vendido em lojas nos andares superiores do shopping e pediu para a mãe ir comprar. Cansada, Rosangela disse que era para o menino subir com o cartão de débito para comprar o chinelo enquanto ela o aguardava com as outras duas crianças na porta do shopping.

Instantes depois, a mãe viu o menino saindo chorando do local, sendo direcionado por um segurança. “Quando ele falou ‘mãe, não me deixaram entrar’, eu entrei em desespero, porque é meu filho. Eu queria entender o motivo de ele não poder mais entrar.”

Rosangela e o menino disseram que o segurança viu que a mãe estava do lado de fora do shopping, mas mesmo assim não o deixou entrar. “Vários meninos vão lá e eles [seguranças] só dizem que não pode entrar, sem especificar que precisa de ter adulto, nem nada.”

Mais Lidas