Connect with us

Manaus, AM,

AMAZONAS

Polícia Civil está em busca do mandante da chacina da Compensa

Publicado

em

Andrei de Souza Guabiraba, o “Buiú”, acusado de ser o mandante da chacina ocorrida na noite da última terça-feira (12) no Centro Social Urbano (CSU), na Compensa 2, na Zona Oeste de Manaus, pode ser preso a qualquer momento após o estado do Amazonas ter recebido um mandado de prisão contra ele no sábado (16).

De acordo com investigações da força-tarefa criada pela Polícia Civil para investigar o crime, Buiú quis se vingar de pistoleiros que tentaram executá-lo e acabaram o confundindo com o ex-presidiário George Alberto Barreto, 30, o “Buiú”, morto com quatro tiros próximo ao residencial Mestre Chico, bairro Cachoeirinha, na Zona Centro-Sul de Manaus.

“Buiú” é do grupo criminoso “Comando da 14”, da Praça 14. De acordo com as investigações, pistoleiros da facção criminosa Família do Norte (FDN) receberam ordem para executar Andrei pelo motivo deste estar crescendo no tráfico e dominando na Zona Sul de Manaus.

Os pistoleiros procuravam para matar uma pessoa com o apelido de Buiú e encontraram pela frente George Alberto, que é morador da área da Praça 14, era ex-presidiário e vendia droga.

Após saber que ia ser morto, Andrei juntou os seus pistoleiros e foi atrás dos que mandaram matá-lo, no CSU. Os alvos eram os pistoleiros e gerentes do tráfico que trabalham para Luciano Fernandes, filho de “Zé Roberto da Compensa”, líder maior da FDN.

Prisão 

Buiú foi preso em flagrante no dia 14 de agosto deste ano por uma equipe de policiais civis do 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP) na casa onde morava, no beco Marco Polo, na Praça 14, mas na audiência de custódia, realizada às 17h do dia 15, mesmo com o Ministério Público opinando pela conversão do flagrante em prisão preventiva, o acusado de tráfico de drogas ganhou sua liberdade.

 

 

Mais Lidas