Connect with us

Manaus, AM,

BRASIL

Deficiente mental aponta arma de brinquedo contra PMs e é morto

Publicado

em

Um homem que sofria de problema mentais de 43 anos de idade foi morto pela polícia de Maringá, no Paraná, depois de apontar uma de brinquedo contra policiais, na madrugada da última segunda-feira (25) em Maringá, pelos próprios militares. O fato ocorreu por volta das 3h30 no Ney Braga, conjunto residencial do município.

          Na foto: Cristiano (vítima) que sofria de                                     problemas mentais.

De acordo com informações, a vítima sofria de problemas mentais, a Polícia Militar do Paraná disse que abrirá inquérito para investigar o caso. O homem foi perseguido por três quarteirões até ser morto com os disparos, na perna e no peito.

Os tiros efetuados pelos policiais acertaram uma vitrine de uma loja. Depois da perseguição, eles perceberam se tratar de uma arma falsa.

      Alguns dos tiros acertaram a fachada de uma loja, estouraram o vidro e deixaram                                        marcas. Foto: Sandro Ivanowski/RPC

A corporação informou que os policiais envolvidos foram afastados e só devem voltar ao trabalho após avaliação psicológica.

Mais Lidas