Conecte-se conosco

Manaus, AM,

POLICIAL

Jardel é acusado de falsificação de documentos e posse irregular de imóvel

Publicado

em

Manaus – Após a publicação da matéria da prisão e caso de homicídio qualificado envolvendo o cabeleireiro Jardelvone Nogueira Deltrudes, 42 anos, o ‘Jardel’, recebemos diversas denúncias.

O cabeleireiro é acusado de falsificação de documento e ameaça de morte. No início do ano, ele tentou adulterar o registro do terreno onde funcionava o salão de beleza, localizado na avenida Tancredo Neves, bairro Parque Dez de Novembro, na zona centro-sul de Manaus.

De acordo com a dona de casa Miria Prudencio da Silva, 50 anos, o imóvel pertence ao marido falecido. Jardel era inquilino do imóvel e tentou adulterar a assinatura do seu marido para transformar o contrato de aluguel em contrato de compra e venda no valor de R$ 100 mil.

Jardel tentou se apossar do imóvel de todas as formas ilegais, inclusive com ameaças e intimidações a Miria para obter a propriedade do terreno. O cabeleireiro foi despejado do imóvel após um ano sem pagar aluguel, informou Miria. 

“Convido ele a ir no cartório para reconhecer a assinatura, já que ele diz que tem o documento assinado pelo meu marido” disse Miria. 

Um boletim de ocorrência (B.O) foi registrado no 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), mas nada aconteceu.

O espaço do portal está aberto para demais esclarecimentos do cabeleireiro. 

Continue lendo
Propaganda

Veja também

TABOOLA