Connect with us

Manaus, AM,

BRASIL

Motorista que atropelou 18 pedestres no Rio fingia ser produtor de TV

Publicado

em

Rio de Janeiro|RJ – O motorista que atropelou 18 pessoas na Praia de Copacabana, fingia ser produtor de TV, mostrava fotos dele nas redes sociais ao lado de celebridades e ostentava viagens pelo mundo.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1097104280318278&set=a.428531277175585.113934.100000561500499&type=3&theater

Antonio de Almeida Anaquim, de 41 anos, prestou depoimento na tarde desta sexta-feira, 19/01, sobre o acidente ocorrido no dia anterior, na 12ª Delegacia de Polícia, localizada em Copacabana, na Zona Sul da capital.

Ele dirigia com  a carteira de habilitação nacional (CNH), suspensa, ele negou ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RJ) que sofria de epilepsia. É o que mostra o questionário assinado por ele em 2015, no ato da renovação de sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), no qual afirmou nunca ter sofrido “tonturas, desmaios, convulsões ou vertigens”, bem como não ser acometido por doença neurológica.

Segundo a Polícia Civil, a principal hipótese é de que o motorista tenha mesmo sofrido um ataque epilético. Ele não tinha ingerido bebida alcoólica antes de dirigir, aponta exame feito pela Polícia Civil. Como não fugiu do local do atropelamento, Antonio vai responder em liberdade por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

A mulher que acompanhava Antonio no veículo no momento do atropelamento confirmou a versão de que ele desmaiou depois de ter o ataque. Outras testemunhas já foram ouvidas pela Polícia Civil.

 

 

Mais Lidas