Connect with us

Manaus, AM,

BRASIL

‘Blindada’ de 23 anos é presa por mandar matar esposa do amante

Publicado

em

Uma jovem de 23 foi presa, ontem, 23/01, acusada de mandar matar a esposa do seu amante. O crime ocorreu no município de Araruama, no Rio de Janeiro. O cúmplice dela no homicídio também foi preso. Com informações do portal Extra.

Os acusados do crime: o executor, Dione, e a mandante, Jéssica. Foto: Divulgação/Polícia Civil

Segundo investigações da Polícia Civil carioca, Jéssica de Lima Silva foi denunciada à polícia pelo próprio cúmplice, Dione da Silva Brito. A vítima, Neiva Paula Mendonça, foi morta depois que o marido dela terminou o caso extraconjugal que tinha com Jéssica.

Neiva Paula foi morta com um tiro no rosto no dia 05 de dezembro de 2017 em um estrada no município de Araruama.

O crime começou a ser desvendado após a prisão de Dione, na última segunda-feira, 22/01. Ele foi detido por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Em depoimento, o suspeito que já era investigado no inquérito que apurava o homicídio, acabou confessando a morte de Neiva e apontando Jéssica como a mandante.

Dione contou aos investigadores que estava em uma boca de fumo no bairro Mataruna, em Araruama, quando foi procurado por Jéssica. Ela contou que seu amante havia terminado o relacionamento e propôs a Dione que ele matasse Neiva. A acusada teria pagado R$ 1 mil e dado uma TV de 42 polegadas ao assassino pela morte.

Ao ser detida, Jéssica apresentou diversas contradições em seu depoimento, mas acabou confessando que uma prima sua havia sugerido que, com a morte de Neiva, seu único empecilho para ficar com o amante desapareceria. Ainda de acordo com Jéssica, foi a prima que a apresentou a Dione.

 

Mais Lidas