Connect with us

Manaus, AM,

MUNDO

Mulher ciumenta passa pimenta nas partes íntimas da namorada do ex

Publicado

em

O Tribunal de Santarém, em Portugal, condenou uma mulher de 43 anos a quatro anos de prisão, com pena suspensa, por ter colocado pimenta nas partes íntimas da namorada do seu ex-marido.

Paula Serafim, que reside em Ourém, foi julgada culpada por um crime de sequestro, um de roubo e outro de coação agravada.

O caso remonta a julho de 2011, quando a vítima enviou um SMS com segundas intenções ao então namorado. Só que a mulher mandou para o número errado e a mensagem acabou indo para o celular de Paula, que tinha divorciado do homem há pouco tempo e desconhecia o relacionamento entre os dois.

Pra piorar, a agressora e a vítima também eram colegas de trabalho e costumavam até compartilhar o transporte para a fábrica em Abiul, Pombal.

Com o orgulho ferido, Paula Serafim decidiu vingar-se da amiga e combinou dar um carona para ela no dia seguinte, mas, no meio do caminho, decidiu desviar o carro para uma zona de mato perto de Alvaiázere. Com um cúmplice, o brasileiro Sandro Souza, despiram a vítima e colocaram “uma grande quantidade de pimenta na vagina”, segundo o boletim de ocorrência, ao qual o jornal Correio da Manhã teve acesso.
Perseguição

Segundo as autoridades, a vítima ficou traumatizada com as agressões e só contou o episódio à polícia após ter sido pressionada pelo ex-marido de Paula, que temia que a agressora lhe poderia ainda fazer. A mulher e o cúmplice ameaçaram pendurá-la em um pinheiro pelo pescoço e fazer mal às suas duas filhas, mesmo depois de a humilharem com o tempero picante. Sandro Souza está desaparecido.

Com informações de Correio da Manhã

Mais Lidas