Connect with us

Manaus, AM,

BRASIL

Estuprador é abusado na cela e obrigado a engolir o sêmen do colega

Publicado

em

Um crime que aconteceu no Presídio de Icó, no Ceará. Um preso que é acusado de estupro acabou passando por apuros terríveis no local. Segundo informações de portais de notícias locais, o homem, que foi identificado como José Edmar da Silva, acabou sendo abusado por um colega de cela.

A vítima do crime seria um estuprador de 35 anos de idade. Ele foi preso por brincar com o seu membro sexual na frente de duas menores de idade. José teria feito o ato na frente da casa das duas jovens. Desesperadas, elas ligaram para a polícia, que atendeu ao caso com rapidez, e prendeu o homem. Elas informaram que estavam com medo, e a polícia acabou levando o homem para um presídio do Ceará, onde mais tarde o abuso sexual teria ocorrido.

As vítimas contaram que estavam em casa dançando, quando o homem que foi preso estava assistindo a elas fazendo a coreografia. Ele parecia ver aquilo como algo erótico, e começou a se molestar na frente das meninas. Com medo, elas chamaram as autoridades, que foram precisas e rápidas na prisão. O que ninguém imaginava é que José também sofreria de um ato parecido na própria cela. “Como estávamos sozinhas, liguei para polícia e relatei o que estava acontecendo““, contou uma das adolescentes. José acabou sendo preso por tentativa de abuso sexual.

Na cela, o seu companheiro descobriu isso e começou a acariciar o estuprador. Ele então começou a abusar do amigo de cela. O abusador, que se tornaria vítima na cela, ainda teria gritado por “socorro”, mas ninguém fez nada. Na cela, ele também teria sido obrigado a tomar “leitinho”, expressão popular para designar que ele foi obrigado a engolir o sêmen do colega. Certamente, os momentos passados por ele na cela não foram fáceis.

O abusador do preso foi identificado como Husdon de Souza. Ele tem vinte e cinco anos e tinha sido detido por roubo seguido de morte. Um dos agentes penitenciários comentou com a imprensa que sempre que um estuprador chega na cadeia, os demais presos são informados e que o que aconteceu na cela é algo comum. Oficialmente, as autoridades falam que o caso está sendo investigado. 

As informações são do Portal Massapê Ceará  

Mais Lidas