Connect with us

Manaus, AM,

BRASIL

Justiça condena homens que tatuaram testa de adolescente no ano passado

Publicado

em

Maycon Wesley Carvalho Reis e Ronildo Moreira de Araújo, responsáveis por tatuarem a frase “Eu sou ladrão e vacilão” na testa de um adolescente de 17 anos, em junho do ano passado, foram condenados pela justiça do estado de São Paulo. Ambos não poderão recorrer em liberdade. Com informações Dol.

No parecer, a Justiça entendeu que os dois homens agiram com lesão corporal gravíssima e constrangimento ilegal.

Maycon Wesley foi condenado a três anos de reclusão em regime inicial semiaberto por lesão corporal gravíssima e quatro meses e 15 dias de detenção em regime inicial semiaberto por delito de constrangimento ilegal.

Pelos mesmos crimes, Ronildo vai responder, respectivamente, a três anos e seis meses de reclusão em regime fechado e cinco meses e sete dias no semiaberto.

O caso

O caso ocorreu no mês de junho de 2017 no município de São Bernardo quando o rapaz foi acusado pelos dois homens de ter roubado uma bicicleta. Um vídeo gravado mostra o momento da rendição dele.

O rapaz sempre negou ter roubado o objeto e passa por tratamento psicológico e sessões para remover a tatuagem da pele.

.

 

Mais Lidas