Connect with us

Manaus, AM,

POLICIAL

‘Cabeçudo’ cagueta comparsa e diz que entrou para o tráfico por não conseguir emprego

Publicado

em

Manaus – Joel Oliveira da Silva, 35, e Manoel José Neves Grana Neto, 18, conhecido como “Cabeçudo”, foram presos em flagrante na tarde de segunda-feira (26), por tráfico de drogas no bairro Colônia Santo Antônio, zona norte da capital.

De acordo com a Polícia Civil, Cabeçudo foi preso após recebimento de denúncia anônima de que um homem com as mesmas características dele, estava comercializando drogas no local.

Durante abordagem, foram encontradas 40 trouxinhas de oxi, cinco porções de maconha, quatro porções pequenas de cocaína e R$ 9 em espécie. Ao ser questionado sobre a origem da droga, Cabeçudo entregou o comparsa Joel, dizendo que havia comprado a droga na casa dele.

Os policiais foram até a residência de Joel, onde encontraram 21 trouxinhas de oxi, cinco porções de maconha, três porções pequenas de cocaína, um caderno contendo anotações relacionadas ao tráfico de drogas e rádios comunicadores.

“Cabeçudo” disse que passou a comercializar substâncias entorpecentes há aproximadamente dois meses. Ele argumentou que se envolveu na prática ilícita por não conseguir um emprego digno. Já Joel nega envolvimento com o tráfico de drogas.

Processos – Durante consulta ao site do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM), os policiais civis verificaram que Joel possui seis processos criminais em nome dele, sendo três por tráfico de drogas, um por furto, um por adulteração de sinal identificador de veículo automotor e um por execução de pena referente ao crime de furto, no qual foi condenado a dois anos de prestação de serviços à comunidade.

Joel e Manoel foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, eles deverão passar por uma audiência de custódia. 

Mais Lidas