Connect with us

Manaus, AM,

Sem categoria

Por ciúmes, “Bruninho” mata o namorado que se relacionou com mulher em Manaus

Publicado

em

Manaus – Bruno Alcântara Gama, 24, conhecido como “Bruninho” foi preso em cumprimento ao mandado de prisão temporária pelo homicídio do tatuador Wanderson Souza da Silva, em novembro de 2017, com quem ele mantinha um relacionamento amoroso de um ano. A vítima tinha 33 anos.

De acordo com delegado Juan Valério, o homicídio ocorreu na casa onde a vítima morava, no bairro Raiz, zona sul da capital. O corpo do tatuador foi encontrado pelos vizinhos da vítima, dois dias após o crime, em razão do odor exalado. Wanderson estava com um lençol enrolado no pescoço.    

Bruno disse que estrangulou a vítima com um golpe de Jiu-Jitsu, conhecido como “Mata-Leão”. Em depoimento, o jovem relatou que foi até a casa de Wanderson para comemorar o próprio aniversário. Chegando ao local, eles iniciaram uma discussão após o tatuador revelar que havia descoberto que Bruno estaria se relacionando com uma garota. Logo após aplicar o golpe de estrangulamento, “Bruninho”empreendeu fuga do local.

O suspeito foi preso pelas equipes da DEHS na manhã da última terça-feira (20/03), por volta das 11h, no bairro Presidente Vargas, zona sul de Manaus.

Bruno foi indiciado por homicídio qualificado. O delegado informou que representou à Justiça a conversão do mandado de prisão temporária para preventiva. O infrator irá permanecer na carceragem da especializada até o término dos procedimentos cabíveis em torno do caso.

Publicidade

Mais Lidas