Connect with us

Manaus, AM,

AMAZONAS

Execução de dono de empresa de segurança pode ter sido ordem de concorrente

Publicado

em

Manaus|AM – Uma das possíveis linhas de investigação da polícia para a execução do empresário Eduardo Correia de Matos, 34, ocorrida na na noite de quinta-feira (19), no Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul da capital, pode ser disputa pelo comércio.

Segundo um parente da vítima que não quis se identificar, a empresa Prosseg é uma empresa bem conceituada no seguimento de segurança patrimonial e privada, havia uma rixa em virtude do desenvolvimento da empresa.

As armas usadas na emboscada eram de grosso calibre, o empresário foi perseguido e assassinado com tiros de fuzil 5,56, arma usada pelo Exército e uma pistola 380 de uso restrito. 

Eduardo dirigia um carro modelo Jeep Renegade, branco com placas PHI-3385, que estava adesivado com a logomarca da empresa de segurança, onde as marcas de pelo menos 13 tiros, foi encontrado na contramão da avenida das Torres. Testemunhas relataram que, quando o empresário entrou na avenida após descer pela rua Conde de Sergimirim sendo perseguido, ele foi surpreendido por um motoqueiro que também estava armado.

A polícia trabalha para solucionar o crime.

Mais Lidas