Connect with us

Manaus, AM,

POLICIAL

Filho de primeira-dama de Manaus é suspeito de ter assassinado engenheiro

Publicado

em

Manaus – Familiares do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, de 42 anos, encontrado morto na tarde desta segunda-feira (30), em um terreno localizado no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, disseram suspeitar de queima de arquivo. Segundo eles, a vítima, morta a facadas, teria visto algo que não deveria. As informações são do Portal A crítica.

“Ele viu alguma coisa e executaram ele lá dentro para ele não abrir a boca e dizer o que aconteceu. Mas a gente já tá sabendo que é da política, porque é o filho da Betina”, disse uma familiar, que preferiu não ser identificada na reportagem.

Momentos antes de desaparecer, Flávio Santos, conhecido entre seus amigos como ‘Panda’, estava em uma festa condomínio de luxo Passaredo, que fica Ponta Negra, área nobre de Manaus. De acordo com a polícia, a casa onde Flávio estava é da primeira-dama do município, Elizabeth Valeiko. Quem mora no local, segundo a polícia, é o filho dela, Alejandro Molina Valeiko.

Foto reprodução: Instagram

A família contou que estranhou o desaparecimento de Flávio, porque ele nunca havia se envolvido com confusões. Eles acreditam que, possivelmente, a vítima possa “ter visto o mais do que deveria” na residência em que esteve.

“A gente não teve mais contato com o nosso tio desde então (desde a festa). Suspeita nós não temos porque meu tio era do bem. Inclusive quando mostramos a foto do Alejandro, os amigos presentes e a família não souberam dizer quem era, que nunca o viram no ciclo de amizade dele”, contou a familiar.

Conforme apuração de A Crítica, a Polícia Civil investiga a hipótese de que Flávio tenha sido morto na própria casa onde ocorria a festa para ser abandonado em outro local, já que não foi encontrado vestígios de sangue no local onde o corpo foi encontrado.

Mais Lidas