Connect with us

Manaus, AM,

POLÍTICA

STJ concede habeas corpus e Alejandro Valeiko vai passar réveillon em casa

Publicado

em

MANAUS – O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Leopoldo de Arruda Raposo, concedeu habeas corpus para Alejandro Molina Valeiko, preso no Centro de Detenção Provisória Masculina 1 (CDPM), pelo homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, em Manaus.

A decisão de liberar o enteado do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), e filho da primeira-dama, Elisabeth Valeiko, foi tomada nesta sexta-feira (27), conforme a movimentação do pedido no site do STJ.

Na resolução do ministro, devem ser informados sobre a concessão do habeas corpus o 2º Tribunal do Júri de Manaus e o Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM). O ministro também solicitou que ambos os órgãos enviem mais informações referente ao pedido de mandado de prisão preventiva de Valeiko.

Envolvidos

Outros cinco suspeitos de envolvimento no crime foram detidos, mas dois deles já tiveram liberdade concedida após a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) entregar o relatório das investigações ao Ministério Público do Amazonas (MPAM).

Além de Valeiko, cinco pessoas foram presas suspeitas de terem participação no crime:

Elizeu da Paz, indiciado pela polícia pelo crime de homicídio;

Mayc Parede, também indiciado por homicídio;

Vittorio Del Gatto, indiciado por omissão. Ele chegou a ser preso, mas teve liberdade concedida por problemas de saúde;

José Edvandro Martins de Souza Junior, 31 anos, que foi solto;

Elielton Magno de Menezes Gomes Junior, 22, também solto;

A irmã de Alejandro, Paola Valeiko, também foi indiciada por fraude processual após confirmar que limpou a cena do crime.

Após o indiciamento, cabe ao MP-AM a decisão de oferecer denúncia contra eles na Justiça.

A Polícia Civil realizou, no dia 18 de novembro, a reconstituição do crime. Por cerca de cinco horas, os seis suspeitos e investigadores estiveram na casa de Alejandro Valeiko. Em seguida, a polícia afirmou já conhecer o autor do crime.

Relembre o caso

O homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos ocorreu na noite do dia 29 de setembro após uma festa na casa do enteado do prefeito de Manaus, Alejandro Molina Valeiko. O corpo da vítima foi encontrado no dia seguinte no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus.

Mais Lidas