Connect with us

Manaus, AM,

POLICIAL

Polícia tem programa de prevenção e abandono do vício em entorpecentes

Publicado

em

Sensibilizar as pessoas quanto aos efeitos nocivos do uso de drogas lícitas e ilícitas, visando informá-las quanto à prevenção e ao abandono do vício é a missão do programa Pró-Vida, da Polícia Civil do Amazonas. Criado em 22 de julho de 1998, o programa já beneficiou mais de 180 mil pessoas na capital e interior com palestras e trabalhos de orientação, em escolas, empresas, grupos familiares, religiosos e filantrópicos.

Aproximadamente 20 mil pessoas de comunidades do interior do estado tiveram acesso às informações de prevenção e combate às drogas. Segundo o coordenador da ação, o investigador Renato Elias, o programa está ativo e atuando na Delegacia de Polícia Geral, localizada na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus.

“O Pró-Vida trabalha com demanda, os pedidos são formalizados ao delegado geral, e em seguida é feito o agendamento para atendimento”, disse o coordenador.

Durante as palestras, são abordados assuntos como convivência familiar e na sociedade, sexualidade e gravidez na adolescência, qualidade de vida e uso de drogas. A equipe do programa utiliza materiais informativos, como folders, cartazes, banners e vídeos.

O Pró-Vida já atingiu 120 mil alunos e cerca de 8 mil professores das redes públicas e particular. No âmbito familiar, mais de 9,5 mil pais e aproximadamente 32,5 mil igrejas e funcionários de empresas participaram de atividades, e tiveram acesso às informações sobre prevenção e combate às drogas.

Antes da realização de qualquer atividade nas comunidades, é feito um diagnóstico e estudo de campo para conhecer a realidade daquela área, e assim elaborar um material didático direcionado. O foco é trabalhar diretamente no que o cidadão está precisando, estabelecendo uma ordem de prioridade.

Mais Lidas