Connect with us

Manaus, AM,

ECONOMIA

Wilson recebe comitiva do BNDES para discutir retomada de investimentos do Fundo Amazônia

Publicado

em

MANAUS – O governador Wilson Lima recebeu, na manhã desta quarta-feira (22/01), na sede do Governo do Estado, na Compensa II, zona oeste da capital, uma comitiva do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) que veio ao Amazonas conhecer projetos financiados pelo Fundo Amazônia. Fazem parte da comitiva o Superintendente da Área de Gestão Pública do BNDES, Júnior Leite, e o Chefe de Departamento de Meio Ambiente, Nabil Kadri.

“O BNDES é o encarregado de administrar o Fundo Amazônia e nós temos o prazer em mostrar como os recursos estão sendo bem investidos e nos ajudando a desenvolver a área ambiental no Amazonas. Nós temos projetos bem sucedidos tocados com esses recursos e é importante que eles vejam de perto a importância disso. Nós precisamos retomar os investimentos em projetos aqui no estado,” disse o governador do Amazonas.

O Fundo Amazônia já captou mais de R$ 3 bilhões junto aos doadores – principalmente da Alemanha e Noruega. O orçamento é destinado para o andamento de ações de conservação e uso sustentável das florestas da Amazônia. Para o secretário de Meio Ambiente do Amazonas, Eduardo Taveira, o momento é de reafirmar parcerias em defesa da Amazônia.

Além de Eduardo Taveira, também esteve presente na reunião o diretor de florestas do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Joaquim Leite. Ele confirmou que a Secretaria Nacional da Amazônia será implantada em Manaus, com as atividades em funcionamento dentro da Sema.

Ao governador, Joaquim Leite disse também que será disponibilizada, ainda neste trimestre, a primeira parcela do ProjeCAR, que é o projeto de inscrição e análise do Cadastro Ambiental Rural, apresentado ao Governo Federal pela Sema e aprovado ano passado.

“Existem inúmeras vantagens para o agricultor cadastrado no CAR, que incluem o planejamento do imóvel rural, comprovação de regularidade ambiental, segurança jurídica, comercialização de cotas de reserva ambiental, além de maior competitividade no mercado e acesso ao crédito agrícola. Sem dúvida, o CAR é um passo importante para o Amazonas”, disse Wilson Lima.

Mais Lidas