Em 10 horas de operação, Detran-AM flagra 105 motoristas alcoolizados - Amazonas News
Connect with us

Manaus, AM,

Sem categoria

Em 10 horas de operação, Detran-AM flagra 105 motoristas alcoolizados

Publicado

em

MANAUS – A fiscalização da Lei Seca em Manaus, realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), flagrou 105 motoristas dirigindo sob efeito de álcool entre a noite de sábado (22) e a manhã deste domingo de Carnaval (23). Durante cerca de 10 horas de operação, 1.787 testes de alcoolemia foram realizados pelos agentes de trânsito, e 34 veículos foram removidos ao parqueamento do órgão por diversas irregularidades.

O diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, reforça que é extremamente importante o trabalho preventivo com a educação, mas também o trabalho repressivo, ostensivo, mostrando para a população que o Detran está nas ruas.

“É natural que nós estejamos nas ruas, combatendo principalmente a combinação de álcool e direção. Assim como as festas de fim de ano, o Carnaval também requer uma programação maior das forças policiais do Detran Amazonas, e por essa razão nós intensificamos as nossas ações. Estamos trabalhando empregando todo o efetivo dos nossos agentes de trânsito, integrados com as forças policiais, com o Batalhão de Trânsito e Polícia Civil, para que possamos ofertar à população amazonense segurança, evitando isso acidentes e vítimas fatais no trânsito”, disse o gestor.

No Amazonas, a fiscalização da Lei Seca ocorre por meio do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) do Detran-AM, Polícia Civil e Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran). A operação ocorreu de forma itinerante em diversas zonas da capital. Durante cerca de horas de fiscalização, 208 multas foram aplicadas, além de 92 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 22 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLVs) foram recolhidos. 

Os veículos recolhidos foram removidos para o Parqueamento do Detran-AM, localizado no bairro Planalto, zona centro-oeste de Manaus, até que os proprietários regularizem as pendências.

O médico Vitor Albuquerque foi um dos motoristas abordados e aprovou a fiscalização. “Eu acho extremamente importante porque, ultimamente, principalmente nessa época do ano, Carnaval, essas coisas, o pessoal começa a extrapolar e a responsabilidade pode gerar muitos acidentes”, disse.

Mais Lidas