Connect with us

Manaus, AM,

POLÍTICA

Jair Bolsonaro decide fechar fronteira com a Venezuela

Publicado

em

Brasil – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou no início da noite desta terça-feira (17/03) o fechamento da fronteira brasileira com a Venezuela, numa tentativa de conter a disseminação do Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A portaria que oficializa a decisão deve ser publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (18/03).

Segundo Bolsonaro, o fechamento será parcial e o tráfego de mercadorias entre os dois países continuará. O chefe do Executivo disse ainda que o governo “não tem como tomar medidas radicias”.

“Não é um fechamento total. O tráfego de mercadorias vai continuar acontecendo. Porque separa Roraima. Se você fecha o tráfego com a Venezuela, a economia de Roraima desanca. A mesma coisa a Venezuela em parte também tem esse tráfego de mercadorias conosco. Não tem como tomar medidas radicais. Não vai dar certo”, acrescentou Bolsonaro no Palácio da Alvorada.

“Alguns acham que fechar a fronteira é uma palavra mágica. Se a gente tivesse o poder de fechar as fronteiras, como muitos pensam, não teria entrada de arma nem droga no Brasil. São 17 mil km de fronteiras”, acrescentou.

O presidente ainda voltou a afirmar que há uma certa “histeria” em relação ao tema, como se “fechar a fronteira resolvesse o problema”. “Há um certa histeria, como se fechar fronteira resolvesse o problema. Alguns querem que a gente feche os aeroportos, bem, a gente não sabe as consequências disso tudo”, concluiu o presidente.

Segundo o último balanço oficial do Ministério da Saúde, o Brasil tem 290 casos confirmados.

Além disso, na manhã desta terça, foi registrada a primeira morte no país causada pela infecção. Trata-se de um homem de 62 anos, morador de São Paulo. A vítima tinha diabetes e hipertensão e não tinha histórico de viagem recente ao exterior.

A Secretaria Estadual de Saúde de SP investiga ainda outros quatro óbitos que teriam relação com o Covid-19.

Nessa segunda (16/03), cinco países da América do Sul (Argentina, Chile, Peru, Paraguai e Colômbia) fecharam suas fronteiras por 15 dias. Somente cidadãos e estrangeiros residentes nesses países poderão entrar nesses territórios durante o período.

Também nesta semana, o Canadá restringiu a entrada no país norte-americano. Apenas residentes permanentes ou cidadãos poderão entrar no país.

A França suspendeu as viagens por 30 dias. Apenas franceses que estejam em outros países estão autorizados a entrar no solo francês. E a União Europeia anunciou o fechamento de todas as fronteiras por 30 dias.

Mais Lidas