Connect with us

Manaus, AM,

AMAZONAS

Cigás mantém distribuição do gás natural canalizado durante pandemia

Publicado

em

Essencial para mais de mil unidades de consumo no Amazonas, entre termoelétricas, indústrias, comércios, postos e residências, o abastecimento do gás natural canalizado está assegurado e mantido pela Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) durante a situação de emergência de saúde pública no Estado, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Até 45% mais econômico em comparação com outros combustíveis, o insumo possui tarifa regulada, assim, a Cigás mantém o firme compromisso de repassar imediatamente aos consumidores quaisquer reduções nos preços praticados pelos fornecedores ou transportadores dessa matéria-prima.

Da mesma forma que ocorreu em 2016, auge da crise econômica enfrentada pelo Brasil nos últimos anos, o gás natural se destaca novamente no Amazonas como importante aliado de empreendimentos industriais e comerciais pela praticidade de fornecimento e preço competitivo, que pode ser consultado em tempo real no endereço https://www.cigas-am.com.br/tabela-tarifaria.

O diretor-presidente da Cigás, René Levy Aguiar, afirma que a Companhia adotou e seguirá atenta a todas as medidas estabelecidas pelo Governo do Estado para melhor suprir os agentes econômicos da região. “Os últimos dez anos foram de mudança na nossa matriz energética. Felizmente, o gás natural já está presente, dentre outros, no Polo Industrial, onde reduz custos e garante eficiência”, constatou.

Atualmente, a rede de distribuição do gás natural supera 132 quilômetros de extensão, em Manaus. Até o fim de março, a Companhia contabilizou 3.033 unidades consumidoras contratadas, entre elas 2.692 unidades habitacionais, 266 comércios, 54 indústrias, 14 usinas termelétricas e sete postos de combustíveis.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/CIGÁS

Mais Lidas