Connect with us

Manaus, AM,

AMAZONAS

Procon registra 1,1 mil denúncias sobre preços abusivos de produtos que combatem a Covid-19

Publicado

em

Consumidores têm enviado denúncias referentes a preços abusivos de produtos com alta demanda durante pandemia do novo coronavírus

Amazonas – O Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon/AM) registrou 1.133 denúncias nos canais de atendimento do órgão entre a segunda-feira (30/03) e a sexta (03/04). As reclamações são referentes a preços abusivos de máscaras, álcool em gel e produtos do gênero alimentício, todos com alta procura em Manaus por conta da pandemia do novo coronavírus.

Como precaução contra o contágio, o Procon-AM suspendeu o atendimento presencial e as audiências na sede do órgão. Dúvidas e denúncias podem ser repassadas pelas redes sociais do Procon-AM, pelos e-mails [email protected] e [email protected], pelos números 0800 092 1512, (92) 3215-4012, 3215-4015, 3215-4009, 99271-5519 (ouvidoria), e pelo site http://www.procon.am.gov.br.

“Durante essa semana, recebemos mais de 1,1 mil denúncias pelos nossos canais alternativos de atendimento, sendo a maioria referente ao aumento abusivo no preço dos alimentos. Em decorrência disso, intensificamos a fiscalização em supermercados e mercadinhos e, a pedido da própria população, realizamos uma pesquisa de preço dos itens da cesta básica e dos principais itens de higiene. Estamos trabalhando com afinco para garantir que a sociedade não fique sem resposta”, destacou a diretora técnica do órgão, Sasha Suano.

Pesquisa de preço – Nesta semana, o Procon-AM iniciou uma pesquisa de preços de itens da cesta básica, além de produtos de limpeza e higiene pessoal.

Foram visitados dez estabelecimentos da capital amazonense, com análise de preços de 31 itens, além da cesta básica. O Procon-AM também registrou os valores de produtos de higiene pessoal e limpeza, que têm tido alta procura neste período de quarentena em prevenção à Covid-19.

A maior variação encontrada foi de 157,28% no Feijão Carioquinha, com menor preço de R$ 3,09 e maior preço de R$ 7,95. O produto com menor variação entre os estabelecimentos foi o óleo de soja de 900 ml, com 15,95%.

Mais Lidas