Connect with us

Manaus, AM,

AMAZONAS

Wilson se reúne com Damares para alinhar ações de combate ao Covid-19 do AM

O foco do encontro foi a integração de ações voltadas às pessoas em situação de vulnerabilidade social e aos indígenas

Publicado

em

MANAUS – O governador do Amazonas, Wilson Lima, se reuniu no final tarde deste domingo (12), com a ministra Damares Alves, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). O objetivo do encontro foi discutir o alinhamento de ações entre os governos estadual e federal no combate ao novo coronavírus, com foco na população mais vulnerável, como indígenas, crianças, idosos e Pessoas com Deficiência (PcDs). A ministra elogiou a atuação do Governo do Amazonas no enfrentamento ao vírus.

Wilson Lima ressaltou que é fundamental essa parceria com o Governo Federal. “Esse é o momento de todos nós nos unirmos. O Ministério dos Direitos Humanos, que tem a ministra Damares Alves como titular da pasta, tem esse papel e tem esse braço forte, que vai nos ajudar e muito a atender os nossos irmãos que estão em áreas mais distantes, como, por exemplo, os indígenas do Vale do Javari”, ressaltou Lima.

Damares Alves falou sobre a preocupação do Governo Federal com o público mais vulnerável, dentre eles, os povos de comunidades tradicionais e os indígenas. Segundo ela, o objetivo da ação integrada com o Governo do Amazonas é fazer com que essa população seja menos afetada com a Covid-19. A ministra elogiou a atuação do Amazonas com relação ao público mais vulnerável. “Foi uma conversa para dizer para o governador que ele não está sozinho, e conhecer o que está sendo feito. E saio daqui surpresa com tantas iniciativas feitas pelo governo local, antecipando-se a toda essa crise”, acrescentou Damares.

A reunião teve a presença da secretária de Saúde, Simone Papaiz, do secretário executivo adjunto de Atenção Especializada do Interior, Cássio Espírito Santo, do diretor-presidente da Fundação Estadual do Índio (FEI), Edivaldo Oliveira, e da secretária de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Caroline Braz. O presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Cláudio Eduardo Badaró, e o superintendente da Polícia Federal no Amazonas, Alexandre Silva Saraiva, também participaram do encontro.

Mais Lidas