Connect with us

Manaus, AM,

AMAZONAS

Dinheiro do Governo Federal transferido ao Amazonas para o combater coronavírus, corresponde a R$11 por habitante

Publicado

em

Amazonas – Sendo considerado o Estado de maior incidência da Covid-19 no Brasil, o Amazonas recebeu 2,4% do valor total destinado pelo Governo Federal às unidades federativas para o combate à COVID-19. De R$ 1,917 bilhão repassado pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS) aos estados, R$ 46,13 milhões foram destinados ao AM, o equivalente a R$ 11,13 por habitante.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) o Amazonas possui 4,144 milhões de habitantes.

Para a capital do Estado, Manaus é a terceira cidade brasileira em incidência de casos, foram destinados R$ 8,12 milhões, o equivalente a R$ 3,7 por habitante. A cidade concentra 87% dos 1484 casos registrados em todo o Estado.

O Estado que recebeu o maior montante para o combate à doença foi São Paulo: R$ 4644,5 milhões. O que recebeu a menor fatia foi Roraima, com R$ 8,7 milhões. O Estado está em estado de alerta, segundo o Ministério da Saúde.

Transferência

As transferências totais ao Amazonas pelo FNS, de janeiro a 14 de abril de 2020, somaram R$ 199,7 milhões. Subtraindo o valor destinado ao combate à COVID-19, específico para as ações de controle da disseminação da doença, o Amazonas recebeu R$153,6 milhões, R$ 3,67 milhões a menos que a média para um quadrimestre de 2019.

Apesar de ter repassado a cota para o controle da pandemia, o Governo Federal ainda não registrou transferências da chamada “Gestão do SUS”, que em todo o ano passado somou R$130 mil.
A Assistência Farmacêutica também teve redução no quadrimestre, considerando os repasses feitos até agora, de R$ 1,31 milhão. Ano passado, a média para o período foi de R$1,58 milhão.

Mais Lidas