Connect with us

Manaus, AM,

CORONAVÍRUS

Saiba quais as mudanças nas avaliações do TOEFL em períodos de reclusão

Publicado

em

O site oficial da ETS divulgou, em nota recente, que estão ocorrendo mudanças na aplicação de seus testes, motivadas pelo surto do coronavírus em todo mundo. Estas alterações, que vem afetando milhares de pessoas, estão ocorrendo como medidas de prevenção e contenção dos riscos e visam preservar a saúde tanto dos funcionários quanto de usuários. Vale lembrar que divulgamos recentemente um estudo realizado por uma rede de pesquisadores da USP que aponta os benefícios do isolamento para a diminuição na transmissão do vírus.

Cancelamento e reagendamento de testes

Dentre as mudanças apresentadas pela ETS está o cancelamento de testes que seriam realizados em centros de aplicação autorizados em vários lugares. Quem está agendado para datas próximas será avisado sobre o adiamento e reagendamento que será feito. Neste caso, devido ao momento extraordinário, não serão cobradas taxas para agendar uma nova data.

Os avisos que serão feitos através de e-mail poderão também sofrer atrasos, devido ao alto volume de cancelamentos em todos os centros do mundo. É importante, portanto, que os usuários se mantenham atentos às informações que devem chegar brevemente e sempre ficar de olho no site oficial da ETS, pois é nele que serão publicadas atualizações e informações novas sobre procedimentos.

Outro serviço que foi prejudicado neste momento foi a impressão e envio de relatórios de pontuações que estavam sendo entregues através dos correios. Isto aconteceu porque houve uma diminuição grande no número de funcionários em todos os setores, tanto da ETS quanto dos Correios. Com isso haverá atrasos já previstos nas entregas.

Como pudemos perceber, trata-se de um momento em que as medidas principais que serão tomadas visam a segurança e a preservação da saúde. Ficar em casa e procurar manter-se atento, sem perder o foco é a principal dica. Este é um momento propício para que os alunos estudem e aproveitem para se preparar para fazer o teste TOEFL, reforçando os conteúdos aprendidos durante o ano.

Testes poderão ser realizados também em casa

Além da modalidade presencial, a ETS também tem sua versão online. E visando diminuir os efeitos e atrasos, ela também disponibilizou para um maior número de pessoas o TOEFL iBT ® Special Home Edition. Esta modalidade de teste aplicada em casa foi aberta para usuários de todo o mundo, com exceção da China Continental e Irã. Nestes dois países, os testes regulares seguem cancelados e aguardando novas datas que serão divulgadas assim que possível.

Os testes Special Home Edition são possíveis de serem realizados graças à inteligência artificial promovida pela empresa ProctorU. Eles terão exatamente o mesmo conteúdo pedido na versão regular, incluindo as etapas e habilidades testadas (Reading, Listening, Speaking e Writing), formato e pontuação.

A ProctorU promete trazer um sistema de monitoramento que irá manter a qualidade já conhecida e a segurança em todo o processo. Mas, para que isso seja possível, o usuário deve verificar se cumpre com as exigências mínimas:

– Verificar se seu país está disponibilizando o teste (como já informamos logo acima).

– Possuir um computador compatível com as instalações necessárias de programas de segurança como o ETS Test Browser e do ProctorU Systems Check, dentre outras ações.

– Ter um local adequado para que os testes sejam realizados dentro de casa, tendo em vista o tempo e necessidades para a realização.

Para maiores informações, o usuário deverá consultar o site oficial e ter notícias em primeira mão.

O que é o TOEFL, e porque ele é importante

Pessoas de todas as idades, realidades e condições aprendem inglês diariamente em todo o mundo. E estas, dependendo de sua finalidade, precisam mostrar que são fluentes na língua estrangeira. E o TOEFL (Test Of English as a Foreign Language) é um dos testes de proficiência mais conhecidos e aceitos por diversas instituições. É através destes testes que muitas universidades e cursos de países como Estados Unidos, Inglaterra, Austrália e Canadá, dentre outros, escolhem seus alunos.

São mais de 11 mil instituições em 150 países que o aceitam, já que este está alicerçado em testar habilidades e mostrar que os usuários estão preparados para vivenciar outra língua dentro do meio acadêmico e empresas em outro país. E os resultados são bem positivos, já que a maior parte das pessoas que obtêm bons resultados conseguem se destacar, entrando na primeira e segunda opção em várias universidades. Este fato é animador para quem procura ter destaque e continuar seus estudos em instituições estrangeiras.

Uma das melhores maneiras de se preparar para o TOEFL tão aguardado é perceber quais são as dificuldades, trabalhando-as. A dificuldade é na leitura? Ler livros em inglês que irão melhorar o vocabulário é apenas uma das várias soluções. A dificuldade é na fala? Há bons aplicativos que permitem a conversação com falantes nativos e que diminuem bem a timidez em se comunicar. Com isso consegue-se melhores condições e notas que irão permitir entrar naquela universidade almejada ou um bom emprego.

Publicidade

Mais Lidas