Connect with us

Manaus, AM,

BRASIL

Conselho Federal de Enfermagem entra com processo no MPF contra bolsonarista agressor

Ato em homenagem a profissionais mortos pela COVID-19 foi encerrado após ataque de apoiadores do presidente

Publicado

em

Brasília – O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) fará representação no Ministério Público Federal contra os agressores dos profissionais de Enfermagem que realizavam ato pacífico na Praça dos Três Poderes, em Brasília, neste 1º de Maio. Usando jalecos e máscaras, o grupo protestava de forma silenciosa, empunhando cruzes em memória dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de Enfermagem mortos pela COVID-19 no Brasil.

O ato defendia o isolamento social, preconizado pelo Organização Mundial de Saúde (OMS) e entidades científicas de todo o mundo, e foi encerrado após o ataque de apoiadores do Presidente da República, que chegaram a filmar as agressões verbais e postar em redes sociais. Um casal de agressores já foi identificado nas imagens.

Não permitiremos que o ódio irracional e a violência gratuita intimidem aqueles que, enfrentando seus próprios receios, se colocam na linha de frente do enfrentamento à pandemia de COVID-19. Não há espaço, na Democracia, para este tipo de ataque. A ciência e o espírito de solidariedade social prevalecerão”, afirma o presidente Manoel Neri.

Mais Lidas