Connect with us

Manaus, AM,

AMAZONAS

Wilson Lima agradece doação de um milhão de EPIs feita pelo governo dos EUA

Publicado

em

Amazonas – O governador Wilson Lima participou, na tarde desta quarta-feira (27), da cerimônia virtual de entrega de 1,1 milhão de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) doados pela Embaixada dos Estados Unidos ao Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, referência no atendimento de Covid-19, no Amazonas.

Entre os itens doados pela missão diplomática, por meio do Departamento de Defesa do Comando Sul dos EUA, estão máscaras descartáveis, luvas cirúrgicas e luvas de procedimento, que já foram entregues à unidade de saúde. Ainda serão encaminhadas ao Delphina Aziz máscaras N95 e aventais descartáveis.

Durante a videoconferência, Wilson Lima agradeceu o suporte do governo norte-americano e apontou os avanços alcançados pelos Amazonas desde o início da pandemia, incluindo a ampliação da capacidade instalada do Hospital Delphina Aziz.

“Aqui em Manaus, já começamos a ter uma queda nos números de Covid-19, indicando que todas as decisões que tomamos foram acertadas, como ampliar nossa capacidade de atendimento e melhorar os fluxos. Isso foi feito com o apoio do Governo Federal, da iniciativa privada, de outros países, entre outros parceiros. Foi uma convergência de forças para que a gente pudesse manter esse equilíbrio no estado do Amazonas e garantir atendimento às pessoas que procuravam nosso serviço”, afirmou o governador.

O embaixador Todd Chapman destacou o apoio que tem sido destinado pelo governo norte-americano aos estados brasileiros, em especial ao Amazonas, escolhido para receber a doação de EPIs.

“A primeira região que pensamos que gostaríamos de ajudar no Brasil foi o Amazonas. Tem sido uma grande dificuldade para todo o mundo, mas, especialmente nestes meses, o Amazonas tem passado por momentos difíceis. Este ato também é um oferecimento aos profissionais da saúde do Hospital Delphina Aziz. Queremos reconhecer que, para ganhar essa guerra, precisamos de guerreiros e todos os médicos e enfermeiros são os verdadeiros guerreiros”, acrescentou.

 

Mais Lidas