Connect with us

Manaus, AM,

MANAUS

Fametro é denunciada por realizar cerimônia de colação de grau online sem consultar pais e alunos

“Cinco anos me matando de estudar e a minha colação de grau vai ser online, é lamentável”, disse uma aluna do curso de direito da instituição

Publicado

em

Manaus – Nas últimas semanas pais e alunos do Centro Universitário Fametro, realizaram inúmeras denúncias contra a instituição, alegando irresponsabilidade da universidade na realização da cerimônia de colação de grau.

Na denúncia, os alunos informaram que a Universidade decidiu realizar a cerimônia de colação de grau dos formandos de maneira totalmente online atravéz de videoconferência, devido à pandemia de Covid-19. Cerca de 30 cursos da instituição irão participar da cerimônia online.

Imagina pra mim, passei cinco anos me matando de estudar, gastando com mensalidade e livros. Isso sem contar que eu ainda vou ter que estudar mais ainda pra passar na prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Agora, terminar meu curso sem uma colação de grau descente, aí é muita irresponsabilidade da Fametro. Se for necessário eu espero até que a cerimônia seja feita de forma presencial“, disse uma aluna de direito da instituição que preferiu não se identificar por medo de retaliações.

Os formandos também alegaram que Manaus é uma das poucas capitais do Brasil onde os números diários de casos confirmados da Covid-19 estão diminuindo, o que possibilita a execução da terceira fase da reabertura gradual do comércio no Amazonas, no dia 1° de julho.

Uma fonte que trabalha na instituição informou que a Fametro já está ajustando toda sua estrutura para se adequar as medidas de proteção contra o coronavírus, e planeja a retomada das atividades acadêmicas ainda no mês de Agosto.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Na última terça-feira (16), a universidade publicou em suas redes sociais, fotos da primeira cerimônia de colação de grau realizada de forma online, o que não agradou muito os clientes e alunos da instituição. O curso contemplado com a primeira cerimônia online foi Engenharia Civil.

É né, o que eu posso fazer? Todos esses anos na universidade tentando resolver meus problemas e nada, e chega no final e ser assim. Nem beca eu usei. Poxa eu queria que fosse tudo registrado por um fotógrafo, mais teve que ser assim. Por um lado estou bem chateado, eu paguei as mensalidades em dia, isso aqui nada foi de graça. Mas por outro lado estou feliz, pois me livro logo de um eventual problema com a Fametro“, disse um dos alunos que colaram grau de forma online e que também preferiu não ser identificado.

Imagem: Reprodução/Facebook

 

Foto: Reprodução/Facebook

Foto: Reprodução/Facebook

Os demais alunos que souberam que iriam ter que colar grau online, informaram que já estão entrando com processo contra a universidade no Procon (Instituto de Defesa do Consumidor) e no próprio MEC (Ministério da Educação).

NOTA DA FAMETRO

O Centro Universitário Fametro informa que segue as recomendações dos órgãos de saúde, para segurança dos alunos e equipe, e que os eventos presenciais estão proibidos por decreto do governo do Estado.

 

Mais Lidas