Connect with us

Manaus, AM,

BRASIL

Após ficar foragida e não ser encontrada pela polícia, mulher de Queiroz retorna para casa

Márcia Aguiar estava foragida desde o dia 18 de junho. Ela ganhou prisão domiciliar para “cuidar do marido”, segundo decisão do presidente do STJ

Publicado

em

Brasil – Esposa de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Márcia de Aguiar se entregou à polícia nesta sexta-feira (10) para cumprir prisão domiciliar junto ao marido, no Rio. Os dois vão ficar em um apartamento na Taquara, zona oeste da cidade.

A informação foi confirmada pelo advogado Emílio Catta Preta na manhã deste sábado (11). De acordo com ele, Márcia ainda não foi para a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) para colocar tornozeleira eletrônica.

Márcia estava foragida desde o dia 18 de junho, quando o juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal, decretou sua prisão e de Queiroz no caso das rachadinhas.

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, destilou machismo para justificar a concessão de prisão domiciliar para Márcia Aguiar. Na decisão, o ministro disse que ela deveria ser contemplada para cuidar do marido.

Mais Lidas