Connect with us

Manaus, AM,

ENTRETENIMENTO

Polícia faz busca e apreensão na casa de PC Siqueira após acusações de pornografia infantil na web

O caso está com a 4ª Delegacia de Repressão à Pedofilia, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Publicado

em

Famosos – A Polícia Civil de São Paulo cumpriu mandado de busca e apreensão na casa de PC Siqueira na última segunda-feira, dia 13. A informação foi confirmada por policiais ao G1. O youtuber é investigado por pornografia infantil, após acusações na web. O caso está com a 4ª Delegacia de Repressão à Pedofilia, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). E segue em segredo de justiça.

Paulo Cezar Goulart Siqueira já tinha prestado depoimento em São Paulo no dia 16 de junho. Na mesma semana, outras testemunhas foram ouvidas. As denúncias começaram nas redes sociais, quando um perfil no Twitter divulgou um vídeo em que o influencer, de 34 anos, teria recebido fotos, por meio de uma amiga, de uma criança de seis anos nua. O youtuber afirma que as denúncias são fake news e levantou pontos que, segundo ele, comprovam que o conteúdo não é verdadeiro.

Logo após as acusações, PC Siqueira se manifestou em um post no Instagram, que foi apagado dias depois. No texto, o apresentador agradeceu a quem tem dado apoio nesse momento e disse que recebeu uma série de acusações e xingamentos, que sua família foi atingida e o seu psicológico está abalado.

“Se formos prestar atenção nesse vídeo asqueroso, ele leva 1 minuto e 31 segundos para o relógio do celular mudar! Nem esse cuidado os falsificadores tiveram. Além disso, o símbolo de verificação tem um espaçamento diferente do verdadeiro. Está tudo ali, para quem quiser ver. A operadora da suposta linha do vídeo é pré-paga dos Estados Unidos. O celular é um Samsung e está gravando a tela de um iPhone. Enfim, são muitas evidências que demonstram a falsificação mal feita. A mais importante delas é que não sou eu”, escreveu o youtuber.

Canais apagados

PC Siqueira deletou o seu canal no YouTube, “Mas poxa vida”, e o “Ilha de Barbados” – conduzido por ele, Cauê Moura e Rafinha Bastos – teve todos os seus vídeos removidos. Os dois humoristas, que trabalhavam com o youtuber, usaram as redes sociais para se posicionarem sobre o caso e afirmaram não ver sentido em continuar com a produção de conteúdo juntos.

“Amigos, o meu canal tá só desativado. Volto com ele e com os vídeos depois que esse pandemônio passar. Meu Instagram infelizmente foi bloqueado de ser desativado por razões que eu não entendi direito. Agradeço a quem não virou as costas pra mim nesse momento bizarro. Aos que estão se deliciando esperando meu suicídio, ser estuprado ou morto – a vida é um pote de ambrosia, só que no final do pote, tem merda. Não vá com tanta sede ao pote”, desabafou PC.

Mais Lidas