Connect with us

Manaus, AM,

ECONOMIA

Com pandemia e Bolsonaro, Brasil tem menor nível de pessoas trabalhando na história, diz IBGE

Cerca de 8,9 milhões de pessoas perderam o emprego nos últimos três meses. Nível de ocupação da população economicamente ativa caiu a 47,9%, o menor desde 2012, quando a série teve início

Publicado

em

Economia – Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (6) revela que com a pandemia do coronavírus e a política neoliberal conduzida por Paulo Guedes no governo Jair Bolsonaro, O Brasil atingiu o menor nível de ocupação (percentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar) da história.

Segundo o IBGE, a população ocupada (83,3 milhões de pessoas) chegou ao menor nível da série histórica iniciada em 2012, com redução de 9,6% (8,9 milhões de pessoas a menos) em relação ao trimestre anterior e de 10,7% no confronto com o mesmo trimestre de 2019 (10,0 milhões de pessoas a menos).

O nível da ocupação (percentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar) caiu 5,6 pontos percentuais frente ao trimestre anterior (53,5%), atingindo 47,9% no trimestre de abril a junho de 2020, o menor da série histórica. Frente a igual trimestre do ano anterior (54,6%), a queda foi de 6,7 pontos percentuais.

Desemprego
O desemprego cresceu 1,1 ponto porcentual no trimestre encerrado em junho – frente aos três meses anteriores -, chegando a 13,3%. Em relação ao mesmo período do ano passado, o aumento foi de 1,3 pontos porcentuais. É o maior índice nos últimos três anos.

No total, 8,9 milhões de brasileiros perderam o emprego no período.

Mais Lidas