Connect with us

Manaus, AM,

BRASIL

‘Assassino onde achar’: filha de Flordelis fez busca por matador na web

Publicado

em

Rio de Janeiro – Marzi Teixeira da Silva, uma das filhas adotivas da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) presa preventivamente na segunda-feira (24) por suspeita de participação no assassinato do pastor Anderson do Carmo, fez pesquisas na internet para contratar um matador de aluguel.

Nas buscas, identificadas no celular apreendido pela Polícia Civil do Rio, ela usou expressões como “barra pesada online”, “alguém da barra pesada” e até “assassino onde achar”. Ela também tentou localizar veneno letal acessível para compra e chegou a pesquisar por “veneno para matar pessoa”. Segundo denúncia apresentada à Justiça, o plano era envenenar gradualmente o pastor até a sua morte.

Segundo a denúncia do MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro), um matador de aluguel chegou a ser contratado para cometer o crime. Ele simularia uma tentativa de assalto. O assassinato só não foi cometido na época porque ocorreu uma troca de veículos, confundindo o homem contratado para matar o pastor.

Apesar das buscas na internet, não foi Marzy quem contratou o matador de aluguel, segundo a polícia. Neta de Flordelis, Rayane dos Santos Oliveira, também presa na segunda-feira, foi a responsável, de acordo com as investigações, pela contratação do assassinato sob encomenda, que acabou não acontecendo.

Mais Lidas