Connect with us

Manaus, AM,

POLICIAL

Base Arpão prende seis com 100 quilos de drogas em Coari

A apreensão representa um prejuízo de mais de R$ 2 milhões ao crime.

Publicado

em

Durante fiscalização na noite deste sábado (05/09), no porto de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), os policiais da Base Fluvial Arpão prenderam seis infratores com 103 quilos de maconha do tipo skunk armazenados em malas. O grupo viajava de Juruá com destino à capital amazonense. Eles vão responder pelo crime de tráfico e associação para o tráfico de drogas.

A apreensão representa um prejuízo de mais de R$ 2 milhões ao crime. A droga foi localizada com ajuda da cadela Zoe, da Companhia Independente de Policiamento com Cães (Cipcães), da Polícia Militar do Amazonas. As malas contendo o entorpecente pertenciam a quatro mulheres e dois homens, que aparentemente não tinham relação de parentesco. Uma das mulheres estava com a filha, de apenas cinco anos. A criança foi entregue ao Conselho Tutelar de Coari.

O flagrante ocorreu por volta das 22h30, quando as equipes policiais fizeram abordagem à embarcação Raiuga. A cadela Zoe indicou uma bagagem com substância entorpecente e depois, encontrou outras seis malas. O caso foi registrado na delegacia que funciona dentro da Base Arpão. O grupo prestou depoimento, e a polícia vai investigar se eles pertenciam a mesma organização criminosa e quem estava por trás do envio das drogas para a capital.

Integração – Criada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a Base Arpão atua de forma integrada com efetivos das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal, Força Nacional, Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), além de médicos, dentistas e enfermeiros.

A ação ocorre em conjunto com a Operação “Hórus”, um dos eixos do Programa Nacional de Segurança de Fronteiras e Divisas (Vigia), do Ministério da Justiça.

Além de denúncias ao 181, o disque-denúncia da SSP, é possível repassar informações às equipes da Base através do WhatsApp (092) 98435-6203.

Mais Lidas