Connect with us

Manaus, AM,

POLÍTICA

Medidas propostas por David Almeida contra fake news são aceitas pelo TRE-AM

Pré-candidato a prefeito de Manaus sugeriu um grande acordo partidário para o combate às notícias falsas nas eleições deste ano

Publicado

em

MANAUS – O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) acatou, nesta quinta-feira (24), a sugestão do partido Avante, apresentada pelo presidente estadual da legenda, pré-candidato a prefeito de Manaus David Almeida (Avante), de elaborar um grande acordo, pela manutenção de um ambiente eleitoral imune à disseminação de notícias falsas (fake news). O Avante propôs a um Termo de Compromisso dos Partidos Políticos, por uma eleição limpa.

“A corte eleitoral acatou a representação do Avante, de uma compromisso partidário contra as fake news. Não queremos que a população seja enganada.Não queremos que o eleitor que vai escolher o próximo prefeito seja enganado novamente como aconteceu de forma criminosa nas eleições de 2018”, disse David Almeida, durante live que ele realizou pelas suas redes sociais na noite desta quinta-feira (24).

Desde que foi chamado a assumir o posto de governador do Amazonas em 2017, David Almeida vem sendo vítima de uma artilharia pesada de fake news disparadas pelos adversários políticos. Para combater as notícias falsas que já influenciaram negativamente nas eleições gerais de 2018, o então candidato ao governo do Estado chegou a acionar a Polícia Federal e o Ministério Público Eleitoral contra os ataques que sofreu naquele ano.

Assim como nos últimos dias desse mês de setembro, há dois anos os ataques com fake news foram disparados de forma coordenada por grupos de fora do Estado, que distribuíam os conteúdos falsos publicados em portais e blogs nas redes sociais e, principalmente, por meio de grupos de WhatsApp locais.

“A internet está cheia de gente criminosa. Pessoas pagas por grupos de interesse para tentar manchar macula a vida das pessoas de bem. Elas lançam notícias mentirosas para manchar a vida das pessoas. Eu fui vítima de uma avalanche de notícias mentirosas, em 2018. Hoje não respondo a nenhuma representação na Justiça. O Ministério Público arquivou todas as denúncias contra mim. Era tudo mentira”, afirmou David Almeida.

Mais Lidas