Connect with us
               

Manaus, AM,

DESTAQUE

Aplicativo 99 doa 15 mil corridas para auxiliar na vacinação em Manaus

Publicado

em

A Prefeitura de Manaus, por meio do Fundo Manaus Solidária, fechou uma parceria com a empresa 99, para transportar funcionários que atuam em serviços de vacinação contra a Covid-19. As corridas devem valer a partir desta quinta-feira, 18/2, e serão administradas pela Secretaria Municipal  de Saúde (Semsa). Ao todo, serão doadas 15 mil corridas.

As corridas doadas sairão dos centros de vacinação exclusivos contra a Covid-19 para levar as equipes volantes aos locais de vacinação in loco. Os valores serão repassados integralmente aos motoristas, sem cobrança de taxas.

Em Manaus, já foram imunizadas mais de 117 mil pessoas dos grupos prioritários da etapa atual da campanha municipal de imunização contra a Covid-19.

“Gostaríamos de agradecer à diretoria do aplicativo 99 pela doação de 15 mil corridas para os nossos profissionais que estão na linha de frente no combate à Covid-19. Esses profissionais saem todos os dias das suas casas para cuidar de outras famílias e salvam diversas vidas”, afirmou a presidente do Fundo, Dulce Almeida.

Para a representante de Políticas Públicas da 99, Erika Alvarez, toda a população precisa se mobilizar no combate ao vírus. “A vacinação é crucial para o combate à pandemia do novo coronavírus. É um momento que exige mobilização de todos os setores da sociedade, e a 99, em parceria com a Prefeitura de Manaus, está ao lado dos profissionais que estão na linha de frente da imunização”, destacou.

Em 2020, para apoiar a campanha de prevenção da Covid-19, a 99 fez R$ 4 milhões em doações em todo o Brasil com cerca de 230 mil corridas.

Como será

A Semsa será responsável por fazer a gestão e distribuição dos códigos promocionais para os agentes públicos.  Os códigos devem ser inseridos na conta do agente público no aplicativo da 99. O prazo de validade para uso dos vouchers inseridos será de até 14 dias, contados a partir de quando for inserido na conta do agente público. Cada voucher terá o valor de até R$ 20 e será válido para um deslocamento. Caso a corrida tenha valor inferior a R$ 20, o valor remanescente não poderá ser utilizado em outra corrida. Caso a corrida seja superior, o excedente deverá ser pago pelo agente público a partir do meio de pagamento escolhido antes de iniciar a viagem.

“O prefeito David Almeida tem olhado com carinho para que os nossos profissionais da saúde tenham qualidade de vida no exercício do seu trabalho. E os colaboradores que têm dificuldade em se locomover até um posto de vacinação agora irão poder ir de uma forma mais confortável até as unidades”, assegurou o subsecretário municipal de Saúde, Luís Cláudio Cruz.

Mais Lidas