Autor da emenda orçamentária que possibilitou a construção do Hospital do Sangue, em Manaus, quando ainda era senador da República, no valor de R$ 58 milhões, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, foi o convidado de honra da direção da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) para a cerimônia de assinatura do contrato que vai garantir a retomada da obra já a partir de 2019 e a sua conclusão em 18 meses.

A solenidade foi realizada no auditório do Hemoam, na avenida Constantino Nery, na manhã desta sexta-feira, 14/12, e contou também com a presença da primeira-dama do município, Elisabeth Valeiko Ribeiro.

Segundo o diretor do Hemoam, Nelson Fraiji, a obra está parada há dois anos por problemas orçamentários. No entanto, os recursos federais e a contrapartida do governo do Estado já estão assegurados em suas respectivas leis orçamentárias, o que garante a continuidade da obra que tem prazo de conclusão de 18 meses. “Chegamos ao momento em que é possível retomá-la para atender a população que cresce e que tem muitas pessoas hemofílicas sem o diagnóstico”, afirmou Fraiji.

Ele disse, ainda, que é o momento de convocar a todos para que se mobilizem em torno de um projeto, que é absolutamente necessário. Fraiji agradeceu a parceria que vem sendo desenvolvida junto com a Prefeitura de Manaus e homenageou o prefeito Arthur Neto por ter se sensibilizado e tornado possível a emenda que garantiu que o projeto da construção do Hospital do Sangue se tornasse realidade.

“Era uma emenda de comissão, difícil de ser liberada, dada as condições fiscais do país, mas que, com grande esforço, foi liberada. A bancada federal que me sucedeu trabalhou com o mesmo afinco para que garantíssemos os R$ 58 milhões”, disse o prefeito.

Arthur também disse que é necessário que Prefeitura de Manaus e governo do Estado se unam para garantir, efetivamente, a conclusão e o funcionamento do Hospital do Sangue. “É impensável não realizar esse hospital que vai cuidar das pessoas com doenças de sangue”, finalizou.

Comentários

Comentários