Foto: Divulgação/ Polícia Federal

O ator Cyro Ramos Nogueira Filho, de 54 anos, foi condenado pela Justiça Federal a 95 anos e dois meses de prisão por estuprar crianças e por produzir e compartilhar imagens de pornografia infantil em um site russo.

A Polícia Federal encontrou e apreendeu mais de 30 mil arquivos na casa dele no Guarujá, litoral de São Paulo.

O ator Ramos Filho, como é conhecido, também se denomina dançarino e produtor de cinema, teatro e televisão. Os peritos encontraram provas de gravação de cenas de sexo explícito envolvendo crianças ou adolescentes.

Uma das vítimas identificadas foi um menino de 3 anos que ficava sob os cuidados do ator quando os pais se ausentavam. Eles declararam que não desconfiaram de qualquer situação, mesmo depois do filho ter reclamado diversas vezes.

A investigação foi resultado da denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) e identificou também diversas imagens de Ramos utilizando fraldas e roupas femininas infantis.

Nas mensagens interceptadas pela Polícia Federal, foi descoberto que ele ainda ministrava para estrangeiros, à distância, treinamento de como estuprar crianças.

O ator negou as acusações e alegou que algumas imagens encontradas nos computadores serviam para que ele atraísse pedófilos para serem posteriormente denunciados às autoridades.

Caso de estupro no Rio de Janeiro: STJ não considera vítima vulnerávelO artigo 217-A do Código Penal brasileiro…

Posted by Cyro Ramos Nogueira Filho on Monday, May 30, 2016

Fonte: Isto É

Comentários

Comentários