Foto: (à esquerda) Samara da Silva Pinheiro, (no meio e a direita), a vítima Bianca Castro de Figueiredo

Manaus|AM – A amiga da servidora pública Bianca Castro de Figueiredo, 35, que teve quase todo o lábio inferior arrancado com uma mordida durante uma briga, ainda está perplexa com a gravidade dos ferimentos causados por Samara da Silva Pinheiro, 18, na madrugada da última quinta-feira, 14/02.

Ana Rosa Cardoso da Silva Chaves, 36, que também foi agredida contou detalhes do caso para o Portal Amazonas News. Ela afirma que foi para o bar Caritó, na avenida Efigênio Sales, na Zona Centro-Sul da capital, e lá encontrou Bianca que estava em companhia de um amigo, assim que saiu do local, convidou os dois para comer um sanduíche em uma lanchonete que fica no estacionamento do mesmo local.

O carro de Bianca estava estacionado em frente ao Caritó, e o dela mais a frente, quando saíram da lanchonete em direção de seus veículos, Samara juntamente com um homem, identificado como Fernando Simões, a surpreendeu, ofendendo com palavras de baixo calão, momento em que Samara desferiu um tapa contra ela.

Os seguranças do local contiveram a confusão, em seguida, Ana combinou com Bianca para lhe encontrar em um posto de combustível em frente ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) na avenida André Araújo, no Aleixo, também na Zona Centro-Sul de Manaus.

Ana conta que ao chegar no posto de gasolina com a amiga Bianca, foi seguida por Samara até o estabelecimento. Ao sair da loja de conveniência, Samara abordou Bianca e começou a agredi-la novamente. Mais uma vez, Ana tentou apartar a briga, mas Samara derrubou Bianca no chão.

Pessoas que estavam próximas da confusão, conseguiram tirar Samara de cima de Bianca, que estava com a roupa toda ensaguentada. Segundo o médico, a vítima perdeu cerca de 80% do lábio inferior, em decorrência de mutilação causada por mordida humana.

Após grande repercussão do caso, Samara da Silva Pinheiro, mais conhecida como ‘Samara Pavanelli’ contou por telefone para o repórter do Portal Amazonas News que irá fazer uma cirurgia em um dos seios. Ela disse que machucou o seio direito durante a briga. “Criou uma cápsula em volta do silicone, que estourou, e vou precisar fazer uma cirurgia nesta semana“, contou.

Foto: Samara da Silva Pinheiro, mais conhecida como ‘Samara Pavanelli’

Histórico de violência

A agressora foi confundida a irmã gêmea, Camila porque se envolveu em uma briga no banheiro do All Night Pub.

Na foto: Camila da Silva Pinheiro, irmã gêmea de Samara

Comentários

Comentários