Foto: Reprodução/Internet

Apontado como favorito na disputa pela sucessão presidencial, o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, admitiu na tarde deste sábado, 27/10, véspera da eleição em segundo turno, que “nada está ganho”.

Ao declarar ser “emocionante” sentir a “esperança dos brasileiros”, o postulante ao Palácio do Planalto disse lamentar não poder estar mais próximo dos eleitores devido às suas “limitações médicas”.

“Força até o fim”, anotou Jair Bolsonaro em sua conta do Twitter.

Recluso em casa, Bolsonaro anunciou para a noite deste sábado, 27, uma última conversa com eleitores, por meio das redes sociais, antes da votação no domingo, 28.

“Momento para nos unirmos e nos conscientizarmos sobre o futuro que está em jogo”, disse o presidenciável. “Temos duas opções: a mudança e prosperidade ou a mesmice dos que quebraram, assaltaram e levaram o Brasil ao caos e à violência”, completou.

Fonte: Metrópoles 

 

Comentários

Comentários