Connect with us
               

Manaus, AM,

Ciências

Carne artificial de frango é vendida pela 1ª vez no mundo

Em breve, a carne de laboratório estará disponível em restaurantes.

Publicado

em

Em breve, a carne artificial de frango estará disponível em restaurantes em Cingapura, na Malásia, após o sinal verde das autoridades sanitárias locais, “uma inovação mundial”, de acordo com a start-up norte-americana responsável pelo projeto.

A Eat Just, que trabalha no projeto de carne de laboratório cultivada a partir de células animais, anunciou que seus pedaços de frango foram liberados para venda pela agência de segurança alimentar de Cingapura, esta cidade-Estado do sul da Ásia.

A inovação, trata-se de “um avanço para a indústria global de alimentos”, disse a empresa em um comunicado nesta quarta-feira (2), dentro do contexto de uma verdadeira competição global entre muitas empresas e start-ups do planeta, que disputam o mercado de proteínas animais artificiais, que gerariam menos impacto no meio ambiente do que a agricultura tradicional.

“Estou confiante de que a aprovação regulatória para nossa carne artificial será a primeira de uma série em Cingapura e em outros países ao redor do mundo”, disse Josh Tetrick, cofundador e presidente da Eat Just.

“A empresa apresentou um pedido de certificação”, confirmou a agência de segurança alimentar de Cingapura. O produto foi declarado seguro para consumo nas quantidades pretendidas e foi autorizado para venda em Cingapura como ingrediente dos nuggets”.

Ainda segundo o comunicado, a companhia já produziu mais de 20 lotes de carne artificial de frango em biorreatores de 1.200 litros antes de submeter sua produção a testes de qualidade e segurança.

O consumo global de carne deve aumentar 70% até 2050, e pensando nisso, a carne artificial pode em breve atender parte a essa demanda.

A agricultura intensiva para o consumo de carne é uma fonte de metano, gás que promove o efeito estufa. Em alguns países, como o Brasil, esse setor também contribui para a destruição das florestas, barreiras naturais ao aquecimento global.

Para a Eat Just, a demanda por alternativas à carne está crescendo, mas os produtos disponíveis atualmente são de origem vegetal. Dezenas de empresas estão trabalhando em projetos de carne artificial em todo o mundo, mas a produção até agora permaneceu experimental.

Mais Lidas