MANAUS – Hoje (16), a partir de 18h acontece a primeira edição do Cine Vila. O evento, que será realizado na Vila Vagalume (Avenida Fernão Dias Paes Leme, 80, D. Pedro I), tem classificação livre e acesso gratuito.

A proposta do projeto consiste em divulgar as obras que são produzidas por cineastas amazonenses. Nesta primeira edição, Ricardo Manjaro é o convidado da noite.

SOBRE RICARDO: Formado em Direção Cinematográfica pela Academia Internacional de Cinema de São Paulo, trabalha com cinema e curtas-metragens desde 2012 quando produziu de forma independente seu primeiro filme “A Última no tambor”. Produziu, escreveu e dirigiu em parceria com Diego Bauer e Artrupe Produções, o curta “Obeso Mórbido” (2018), premiado com Melhor Ator no Festival Maranhão na Tela e Melhor Som na Mostra Internacional de Cinema de São Luís 2018. Também foi selecionado para 10 ª Semana do Cinema do Rio de Janeiro, 22 ª Mostra de Cinema de Tiradentes (2019), 23º Festival Audiovisual CINE PE de Pernambuco e o 26º Festival de Cinema de Vitória.

SOBRE OS CURTAS:

  • A ÚLTIMA NO TAMBOR (2012): premiado com Melhor Fotografia e Melhor Ator no Amazonas Film Festival, conta a história de um homem que embarca para o coração da selva para completar sua última missão.
  • O NECROMANTE (2016): premiado com Melhor Direção de Arte, Melhor Ator, Melhor Filme de Público e Crítica no Festival Olhar do Norte, retrata a história de um homem que usa de Necromancia, a arte da morte, para ajudar a polícia a resolver casos violentos na noite sombria da cidade.
  • MORCEGO DE RUA (2017): exibido no CINEFORTE (Paraíba) e Mostra do Cinema Amazonense, conta a história de um velho mendigo que se veste de “Batman” e combate o crime nas ruas inseguras de São Paulo, quando uma mulher o encontra na sarjeta e o salva da morte.

Comentários

Comentários