Foto: Ana Cláudia Jatahy

As 17 equipes de inspeção que iniciam os trabalhos de auditoria no interior do Amazonas, a partir de hoje, foram equipados, pela presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), com um notebook e um modem para acesso à internet 3G para auxiliar nas atividades em campo. O kit foi entregue aos presidentes das comissões, pela conselheira-presidente do TCE, Yara Lins dos Santos, e serão utilizados durante o trabalho.

Segundo o secretário-geral de Controle Externo do TCE, Stanley Scherrer, os instrumentos concedidos ajudarão na celeridade da auditoria e darão mais independência às equipes, uma vez que os técnicos poderão acessar à rede mundial de computadores, sem precisar da internet dos jurisdicionados, e, também, poderão adiantar os relatórios no laptop. “Sem falar que para acessar as legislações, os auditores poderão usar a conexão 3G disponibilizada para pesquisa.

Nesta 1ª Etapa, as comissões de inspeção vão a 23 municípios e percorrerão as 23 prefeituras, 23 câmaras municipais e órgãos/entidades da administração indireta do interior conferir se as informações contidas nas prestações de contas de 2017 entregues ao TCE neste ano correspondem à realidade e se o dinheiro público foi aplicado corretamente, conforme determinam as leis. Os órgãos da Prefeitura de Manaus e do governo do Estado já estão sendo auditados desde o início do mês.

As equipes chegam aos municípios com antecedência este ano e munidos de tecnologia, para cumprir uma determinação da conselheira Yara Lins dos Santos, que solicitou que todas as inspeções da 1ª Etapa sejam finalizadas ainda no primeiro semestre, para que a tramitação processual das prestações e o julgamento delas aconteçam com celeridade e com o gestor ainda no órgão auditado.

Comentários

Comentários