Connect with us

Manaus, AM,

AMAZONAS

Covid: AM atinge menor número diário de mortes desde início da 2ª onda

Publicado

em

O Amazonas registrou 22 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, e atingiu o menor número diário de óbitos desde o início da segunda onda da doença, ocorrido em janeiro. No total, 10.522 pessoas já morreram com Covid no estado.

Desde 30 de dezembro, quando foram registradas 19 mortes, o número de óbitos só aumentou no Amazonas e alcançou, no mês de janeiro, o triste recorde de mortes por Covid.

Nesta segunda, além das 22 novas mortes, outras 38 ocorridas em dias anteriores foram confirmadas para a doença. Os dados constam no boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM).

O Amazonas também registrou, nesta segunda, 1.161 novos casos de Covid-19, totalizando 307.164 casos da doença no estado.

O boletim acrescenta ainda que 34.963 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas pelas secretarias municipais de saúde, o que corresponde a 11,38% dos casos confirmados ativos.

Atualmente, Manaus está na fase vermelha, mas os 61 municípios do interior encontram-se na fase roxa, que corresponde à classificação máxima de risco para transmissão de Covid-19.

Internações

Nesta segunda, 130 pacientes com Covid estão em uma lista de espera por transferências para leitos da rede hospitalar. Desses, 59 precisam de internação em UTI. Na capital, 88,06% dos leitos de UTI estão ocupados.

Entre os casos confirmados de Covid, há 1.309 pacientes internados, sendo 785 em leitos (179 na rede privada e 606 na rede pública), 492 em UTI (169 na rede privada e 323 na rede pública) e 32 em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves.

Há ainda outros 329 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 245 estão em leitos clínicos (20 na rede privada e 225 na rede pública), 61 estão em UTI (28 na rede privada e 33 na rede pública) e 23 em sala vermelha.

Créditos: Portal G1 AM

Mais Lidas