Foto: Reprodução/Internet

Na última semana, o Ministério da Educação anunciou cortes de 30% no orçamento das instituições federais de ensino superior em todo o país. Em pouco tempo a notícia rapidamente gerou forte polêmica, sobre o futuro do ensino superior no Brasil.

Em entrevista à Rádio Band News FM, na última segunda-feira, 06/05, o deputado federal, delegado Pablo Oliva do PSL Amazonas, defendeu a postura do ministro da Educação, afirmando que já foi investido muito em aumento de Universidades no país, e que o número já é o suficiente.

“Não sei se é uma solução para a educação no país, mas acredito que investir nas crianças, investir nas gerações futuras, não tem como dar errado. E por muito tempo nós investimos só nas universidades, por muito tempo investiu no aumento de universidades, nós já temos bastantes universidades no Brasil e muitas vagas em oferecimento”, disse Pablo, defendo ainda que o atual governo quer corrigir os erros das gestões anteriores, que ocorre nos ensinos infantil e médio.

Pablo estudou no Ida Nelson e depois formou-se em Direito na UFAM e já foi
Professor Universitário de Direito Constitucional, Direito Penal e Processual Penal.

(Com informações do Expresso AM)


Na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), o corte foi de R$ 38 milhões. 

Comentários

Comentários