O detento Pedro Henrique Monteiro Araújo, 34 anos, foi aprovado no curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Pará (UFPA), na matéria  do  G1 não foi divulgada qual a pena ele cumpre.

Pedro cumpre pena por estuprar, filmar e fazer fotos de três crianças, em 2009. Todos meninos, na época, de 8, 9 e 10 anos. Ele foi condenado, no dia 15 de outubro de 2013, a 54 anos, 2 meses de reclusão e 233 (duzentos e trinta e três) dias multa, fixado o regime inicial fechado. Após recorrer, sua pena foi reduzida para 38 anos e dois meses de prisão, além de 233 dias-multa, como é possível confirmar em seu processo, disponível no site do Tribunal de Justiça do Pará. Com informações da Susipe.

Pedro não foi o primeiro lugar do curso de Cinema e Audiovisual, nem se levar em conta somente candidatos do Sisu e muito menos a lista geral de aprovados, ele possui notas mais baixas que ao menos outros dois candidatos aprovados com nota do Enem no certame.

Na imagem abaixo, o “1°” que se refere a Pedro é, então, apenas uma forma de enumerar sua aprovação. No máximo, ele seria o único ao ser aprovado na categoria “candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)”. Veja:

Em 2015 ele foi aprovado no vestibular também, na época não conseguiu autorização pra ir estudar.

O detento ganhou em 2016 um concurso de pintura com tema católico da Arquidiocese de Belém através da Pastoral Carcerária.

 

Comentários

Comentários