O Dia D de mobilização nacional contra o sarampo acontece neste sábado (15/02), em todo o estado, com atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) da rede municipal. O público-alvo são crianças e jovens de 5 a 19 anos que ainda não foram imunizados contra a doença. Pais e responsáveis de crianças com esse perfil devem procurar o local de vacinação mais próximo de casa.

De acordo com Coordenação Estadual do Programa Nacional de Vacinação (PNI) todas as secretarias municipais de saúde estão abastecidas com as doses da vacina. A campanha de vacinação contra o sarampo acontece até o dia 13 de março, e o “Dia D” neste sábado é mais uma data para impulsionar a imunização.

“Estamos tentando resgatar, com essa campanha, exatamente aquelas pessoas que ainda não tomaram a primeira dose ou a segunda dose. Até porque essa faixa etária (5-19 anos) tem como calendário duas doses da vacina. Uma coisa que a gente não pode esquecer é que essa vacina está diariamente em todas as Unidades Básicas de Saúde e faz parte do calendário básico de vacinação para as nossas crianças”, ressaltou a coordenadora estadual do PNI, Izabel Nascimento.

Dados – O Amazonas está há um ano sem registrar casos de sarampo. Os últimos foram em janeiro do ano passado. Em todo o ano de 2019, foram quatro casos de sarampo, sendo três em Manaus e um em Coari. Em 2018, o estado registrou 9.809 casos confirmados em 50 cidades.

Ao contrário de outras regiões do país que estão passando por surto da doença, Izabel informa que o Amazonas conseguiu controlar o sarampo reforçando principalmente a imunização. Ela explica que, mesmo sem casos há mais de um ano, o cuidado com a vacinação precisa continuar.

Comentários

Comentários