Policiais civis da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), sob a coordenação da delegada Joyce Coelho, titular da especializada, deflagraram ao longo da manhã desta quarta-feira (04/09) a operação “Luz na Infância 5”, que resultou nos cumprimentos de mandados de prisão preventiva de dois homens por estupro de vulnerável. Um preso foi um feirante de 53 anos, e o outro o comerciante Nilson de Moura Mota, 32.

As ordens judiciais foram cumpridas, respectivamente, na invasão Nova Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, e no bairro Jorge Teixeira, ambos na zona leste da cidade.

O secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, e o delegado-geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos, acompanharam os trabalhos e participaram de entrevista coletiva realizada na manhã de hoje (04/09), na Delegacia Geral da Polícia Civil, no Dom Pedro, zona centro-oeste.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, o feirante é pai das vítimas. As investigações apontam que ele abusou sexualmente das três filhas e engravidou uma delas. Conforme a titular da DEPCA, Nilson estuprou uma criança de 11 anos, filha de amigos dele. A prisão deste segundo foi efetuada na drogaria em que ele é proprietário, na avenida Mirra, bairro Jorge Teixeira.

Operação “Luz na Infância 5” – Conforme a delegada, 10 policiais civis da DEPCA participaram da quinta fase da força-tarefa, que é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e envolve as Polícias Civil e Federal de 15 estados e do Distrito Federal, contando com a participação de 656 policiais. Agentes de aplicação da lei de seis países cumpriram, simultaneamente, mandados de busca e apreensão.

Nessa fase da operação, 105 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em nome de acusados de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes. A ação desencadeada é decorrente de cooperação mútua entre a Diretoria de Operações da Secretaria de Operações Integradas do MJSP e da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega em Brasília (US Immigration and Customs Enforcement – ICE), que ofereceu cursos e capacitações que subsidiaram as cinco fases da Operação Luz na Infância.

Procedimentos – Os dois homens foram indiciados por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na DEPCA, eles serão conduzidos ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no Km 08 da rodovia federal BR-174, onde irão ficar à disposição da Justiça.

Comentários

Comentários